Primeira indígena mulher é eleita cacique entre povo Xikrin em Parauapebas


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Kôkôti Xikrin, de 28 anos, foi recepcionada em uma cerimônia festiva que contou com a participação de 11 aldeias do povo Xikrin, 43 aldeias Kayapó e representantes dos poderes Executivo e Legislativo do município.

A primeira mulher eleita cacique em Parauapebas tomou posse na manhã de sábado (20). Kôkôti Xikrin, de 28 anos, foi recepcionada em uma cerimônia festiva que contou com a participação de 11 aldeias do povo Xikrin, 43 aldeias Kayapó e representantes dos poderes Executivo e Legislativo do município.

A posse da primeira cacique do povo Xikrin do Cateté é uma demonstração de fortalecimento da cultura e do reconhecimento do papel da mulher na comunidade indígena.

Kôkôti é casada, mãe de três filhos e vem de uma linhagem de caciques. Ela foi escolhida pelo pai e ela comunidade por sempre ter demonstrado interesse em cuidar do seu povo, participando das reuniões de lideranças indígenas. “Agora, mesmo que as índias da nossa tribo não falem português, elas têm voz e têm força”, comemora a cacique.

Ascom PMP


Mais do Portal F5


  • Destaques

Câmara Municipal suspende atendimentos ao público e plenária em Parauapebas

Diante do atual estágio de avanço da pandemia de covid-19 em âmbito nacional, a Câmara...

  • Destaques

Confira as espécies de peixe que podem causar a doença da ‘urina preta’

Na última terça-feira (2), a veterinária Pryscila Andrade, 31 anos, faleceu em decorrência da síndrome...

  • Destaques

Vacinação em idosos de 80 anos é iniciada em Parauapebas

Chegaram à Parauapebas mais 890 doses da vacina Covishield para dar continuidade à 1ª fase...