Por causa da covid-19, Círio 2020 é cancelado


  • Nenhum comentário
  • Destaques

A procissão será cancelada e substituída por programações com público limitado e pela internet

Por causa da pandemia do coronavírus, e após estudos, a Arquidiocese de Belém e a Diretoria da Festa de Nazaré anunciaram, na noite de ontem (6), que a grande romaria do Círio de Nazaré, que reúne mais de 2 milhões de pessoas nas ruas de Belém no segundo domingo de outubro, não irá acontecer este ano. Ela e todas as outras romarias paralelas à grande festa católica paraense  serão substituídas por missas com público limitado, cerimônias pela internet e visitações da imagem peregrina. É a primeira vez que isso ocorre depois de mais de 200 anos.

As mudanças foram apresentadas pela diretoria da festa e pelo arcebispo Dom Alberto Taveira. Alguns pontos ainda ficaram na dúvida dos fieis e o DOL traz as respostas para você.

COMO SERÁ O CÍRIO 2020?

As principais programações que reuniam milhões de devotos, este ano ocorrerão de forma restrita, algumas às portas fechadas nas igrejas.  De acordo com a organização do evento, o Círio será simplificado, ou seja, todas as procissões e eventos que são feitos com a presença dos fiéis foram transformados em celebrações transmitidos na internet e televisão. Com isso, a programação do Círio 2020 foi denominada “Fé Sem Distância”.

A IMAGEM DE NOSSA SENHORA VAI SAIR ÀS RUAS?

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré não seguirá nenhuma procissão. Todo o trajeto dela para cumprir o cronograma será feito em um carro fechado, sem o acompanhamento dos fiéis. E, no segundo domingo de outubro, após missa na Catedral de Belém, a imagem fará um sobrevoo sobre hospitais da cidade.

E A APRESENTAÇÃO DO MANTO E A CORDA?

Os ícones marianos, como manto, corda e procissões devem ganhar novo formato, também em obediência às normas de segurança à saúde. A respeito da Corda, Dom Alberto preferiu manter segredo, mas adiantou que “a definição da corda vai chegar” e que foi encontrada “uma bela solução para que cheguem às pessoas”.

PROMESSAS

De acordo com o Taveira, a quinzena do Círio, que ocorrerá de 12 a 25 de outubro, seguirá às normas vigentes em relação ao limite de ocupação das igrejas, que atualmente é de 50% da capacidade total. É nesse período em que os promesseiros poderão ir à Basílica pagar as promessas, mudança significativa já que elas são realizadas nas procissões de rua.

A CASA DE PLÁCIDO VAI FUNCIONAR?

Sim. A Casa de Plácido, espaço que acolhe os romeiros, estará funcionando. “Estamos com tudo preparado. Se hoje fosse possível realizar o Círio na forma costumeira, em poucos dias teríamos tudo pronto para realizar. Da nossa parte, está tudo encaminhado”, ressaltou.

HAVERÁ O CÍRIO MUSICAL, CÍRIO DAS CRIANÇAS E ARRAIAL?

Quanto ao Círio Musical, Círio das Crianças e Arraial, também não ocorrerão.

PEREGRINAÇÕES NAS CASAS

No próximo dia 16, será apresentado o livro das peregrinações, onde as famílias poderão realizar os encontros nas casas recebendo a orientação de respeitar às normas sanitárias. “Vamos fazer o Círio do jeito que é possível. Não será como nós gostaríamos, mas posso dizer a todos que é um sofrimento para mim não fazer com as trasladações, com todas as procissões. É uma dor que temos que abraçar”, contou Dom Alberto.

Dol


Mais do Portal F5


  • Destaques

Luna: Amazon anuncia streeming de games concorrente da Stadia e xCloud

O mercado de videogames ganhou um novo competidor, e é um nome de peso. A...

  • Destaques

Polícia prende homem suspeito de traficar drogas em Dom Eliseu, sudeste do Pará

A Polícia Militar prendeu, na terça-feira (22), um homem suspeito de tráfico de drogas em...

  • Destaques

Franquia da Sega “Yakuza” vai ganhar adaptação para o cinema

Uma boa notícia para os fãs de Kazuma Kiryu de Yakuza, o game vai ganhar uma...