Peruano que abusava de pacientes sedadas é preso por exercer medicina ilegalmente em Canaã


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Homero foi condenado pela justiça por abusar de pacientes enquanto estavam sedadas

Um peruano foi preso pela Polícia Civil em Canaã dos Carajás, no último sábado, 4, por exercer a medicina ilegalmente no Hospital Municipal. Homero Ramos foi condenado pela justiça em 2018 por abusar de pacientes nos estados de Rondônia e São Paulo e por isso teve seu registro profissional suspenso.

Homero Reynaldo Ordonez Ramos, de 55 anos, naturalizado brasileiro, era contratado por uma empresa que presta serviço à Prefeitura de Canaã, fazendo a remoção de pacientes com Covid-19 para cidades com Unidade de Terapia Intensiva. Servidores da prefeitura realizaram a denúncia após identificar que o registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), apresentado junto com a documentação de contratação, estava vencido desde janeiro de 2018.

De acordo com a polícia, o médico estava cumprindo a pena em regime aberto e estava impedido de exercer as atividades profissionais. Ele havia sido preso no município de Colniza, no Mato Grosso, em 2018, acusado de abusar de pacientes enquanto estavam sedadas para a realização de procedimentos hospitalares desde 2007. Ele foi condenado a 6 anos de prisão e foi proibido pelo juiz de exercer a medicina.

Homero prestou depoimento, assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi solto, mas vai responder também por exercício ilegal da medicina em liberdade.

Com informações do Blog Zé Dudu

 


Mais do Portal F5


  • Destaques

Mais de 30 smartphones da Xiaomi vão receber atualização para o Android 11

A Xiaomi confirmou quais celulares vão receber a atualização para o Android 11: isso inclui...

  • Destaques

Prefeito sugere aplicação de ozônio retal para tratar covid-19

O prefeito Volnei Morastoni (MDB), de Itajaí, em Santa Catarina, sugeriu aplicação de ozônio no...

  • Destaques

Explosões deixam cenário de destruição em área portuária do Líbano

 Duas fortes explosões sucessivas sacudiram, nesta terça-feira (4), a região portuária da capital libanesa,...