Nubank some com dinheiro da conta de clientes e alega erro da Caixa


  • Nenhum comentário
  • Colunas

Nubank alegou que o motivo do estorno foi uma falha de sistema da Caixa Econômica Federal que teria causado depósitos com valores excedentes

Diversos clientes do Nubank foram às redes sociais reclamar de valores retirados sem motivo aparente. O “ajuste realizado“ envolve quantias geralmente de até R$ 599,99, mas pelo menos uma cliente relatou um estorno de R$ 1.200. Segundo uma publicação de um moderador do fórum oficial da marca, o motivo do estorno foi uma falha de sistema da Caixa Econômica Federal que teria causado depósitos com valores excedentes.

O problema, segundo a publicação do Nubank, esteve ativo entre os dias 15 de abril e 10 de junho deste ano. Teriam sido afetados os depósitos nas contas feitas por boleto bancário. A empresa reconheceu que alguns dos estornos foram feitos por engano, mas que já começou a devolver os valores aos clientes afetados.

Nubank se posiciona

No Twitter, a conta oficial do Nubank afirmou que os valores tinham entrado duplicados. A publicação informou ainda que os clientes receberão um e-mail com mais informações, indicando que a comunicação não foi realizada antes do estorno para alertar sobre o problema.

A conta do banco na rede social orientou ainda que os clientes podem tirar dúvidas extras pelos canais de atendimento. A assessoria de imprensa da Caixa não havia se pronunciado até a publicação desta notícia.

Moderador da NuCommunity explicou estorno apontando erro da Caixa e reforçou que a situação ocorreu a partir de inconsistências da CEF, mas que iniciou o processo de devolução do dinheiro aos clientes mesmo antes de ter uma solução definitiva por parte do banco estatal para o problema. Confira a nota na íntegra:

“Entre 15 de abril e 10 de junho de 2020, parte dos clientes do Nubank que realizou o pagamento de boletos por meio da Caixa Econômica Federal recebeu em sua conta digital uma quantia superior ao valor correto. O erro ocorreu devido a uma falha no sistema da própria CEF.

Assim que informado pela CEF sobre a situação, o Nubank, agindo de boa fé, comunicou seus clientes sobre o equívoco e, seguindo as recomendações da CEF, iniciou o processo de estorno dos valores excedentes de volta para o banco estatal. As devoluções foram suspensas assim que o Nubank identificou inconsistências nos dados fornecidos pelo banco estatal.

O Nubank lamenta o transtorno causado aos seus clientes e informa que, devido à imprecisão dos dados da CEF, a empresa decidiu reverter imediatamente os valores aos seus clientes mesmo não sendo responsável pela falha. Os clientes afetados já começaram a receber os valores em suas contas. A empresa aguarda esclarecimentos adicionais do banco estatal.”

600 reais da Caixa não entrou no PicPay

Curiosamente, o valor e a empresa apontada como a responsável pelo problema lembram relatos, também nesta semana, de depósitos do Auxílio Emergencial que foram cancelados em contas de clientes do aplicativo PicPay.

No caso do PicPay, a Caixa declarou que o problema com o Auxílio Emergencial em contas digitais foi resolvido nesta terça-feira (7), e que clientes ainda com problemas para receber a transferência devem procurar seus bancos.

Canatech


Mais do Portal F5


  • Colunas

Aulas presenciais de cursos superiores da saúde retomam na próxima semana

Cursos superiores da área da Saúde, de instituições públicas ou privadas, estão autorizados a realizar...

  • Colunas

Festa Covid-19 – A Festa Final



  • Colunas

Gerson Peres, ex-vice-governador do Pará morre de Covid-19

Ex-deputado e ex-vice-governador do Pará, Gerson Peres morreu na manhã de hoje em Belém. Ele...