Colunista será investigado pela PF por artigo “Por que torço para que Bolsonaro morra” 


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Presidente anunciou nesta terça que testou positivo para o novo coronavírus

O atual ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, abrirá inquérito junto à Polícia Federal (PF) para investigar o colunista Hélio Schwartsman, que publicou nesta terça-feira (7) o artigo “Por que torço para que Bolsonaro morra” na Folha de S.Paulo.

Em seu perfil no Twitter, Mendonça afirmou que, entre os “princípios básicos do Estado de Direito”, está a liberdade de expressão da imprensa como “direito fundamental”. No entanto, “tais direitos são limitados pela lei”.

“Diante disso, quem defende a democracia deve repudiar o artigo ‘Por que torço para que Bolsonaro morra’”, afirmou o ministro na rede social. As postagens foram replicadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O ministro afirma que as declarações feitas na coluna de Schwartsman violam os artigos 31, IV; e 26 da Lei de Segurança Nacional.

No artigo, o colunista afirma que a morte de Bolsonaro teria significado acentuado em relação a um presidente que tem minimizado a pandemia do novo coronavírus e “sabotando” medidas para enfrentá-la.

“Isso salvaria vidas? A crer num estudo de pesquisadores da UFABC, da FGV e da USP, cada fala negacionista do presidente se faz seguir de quedas nas taxas de isolamento e de aumentos nos óbitos”, escreveu Schwartzman.

Ele afirma ainda que, se Bolsonaro vier a óbito em decorrência da Covid-19 , passará uma mensagem a “governantes irresponsáveis” que pensarem em “imitar seu discurso e atitudes, o que presumivelmente pouparia vidas em todo o planeta”. “Bolsonaro prestaria na morte o serviço que foi incapaz de ofertar em vida”, conclui.

Nas redes sociais, internautas criticaram a posição do ministro da justiça e também recordaram trechos da entrevista que Bolsonaro deu ao jornal Opção em 17/9/2015, em Goiânia, quando desejou publicamente que a ex presidente Dilma deixasse o governo a qualquer custo.“Espero que o mandato dela acabe hoje, infartada ou com câncer, ou de qualquer maneira”, dispara e completa: “O Brasil não pode continuar sofrendo com uma ‘incompetenta’, somos grandes demais para isso”, disse ele ainda deputado federal do PP Rio de Janeiro.

IG


Mais do Portal F5


  • Destaques

Mais de 30 smartphones da Xiaomi vão receber atualização para o Android 11

A Xiaomi confirmou quais celulares vão receber a atualização para o Android 11: isso inclui...

  • Destaques

Prefeito sugere aplicação de ozônio retal para tratar covid-19

O prefeito Volnei Morastoni (MDB), de Itajaí, em Santa Catarina, sugeriu aplicação de ozônio no...

  • Destaques

Explosões deixam cenário de destruição em área portuária do Líbano

 Duas fortes explosões sucessivas sacudiram, nesta terça-feira (4), a região portuária da capital libanesa,...