Divergências entre facções, leva o “Rana” à prisão por dois assassinatos


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Nesta sexta-feira (26) investigadores da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas cumpriu mandado de prisão preventiva do nacional André William Silva do Nascimento, 20 anos, popularmente conhecido como “Rana”, suspeito das mortes de Isaque Santos Roldão, ocorrida no dia 22 de março, e de Antônio Wesley Silva Pereira, morto no dia 30 de abril.

Rana foi preso por estar envolvido em duas mortes

Segundo a polícia ambas as mortes estão relacionadas à disputa entre facções criminosa. O primeiro homicídio foi de Isaque Santos, alvejado com disparos de arma de fogo e golpes de arma branca, no momento em ele saía para se encontrar com uma pessoa que havia lhe telefonado. A vítima foi morta e encontrada pela Polícia Militar, pouco tempo depois ainda com vida e em seus bolsos foi encontrado certa quantia de maconha. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao hospital municipal, mesmo consciente, Isaque não soube informar a identidade de quem lhe feriu. Devido à gravidade dos ferimentos, ele não resistiu e morreu pouco tempo depois.

Izaque foi a primeira vítima fatal

Antônio Wesley, a segunda vítima, foi assassinado a tiros quando enquanto empinava pipa nas imediações da caixa d’água do bairro Rio Verde, na divisa com o bairro Liberdade I, local também conhecido como Morro do Macaco. Ele foi surpreendido com vários tiros pelo assassino que usava máscara, chegando em uma moto. Segundo as investigações da polícia, sua morte tinha ligação com laços na facção do PCC, o que levou os investigadores descobrir a desavença dele com membros do Comando Vermelho.

Antônio Wesley estava empinando pipa no momento de sua morte com vários tiros na cabeça

As investigações identificaram o “Rana” como um dos autores dos dois crimes. Há cerca de uma semana, a equipe policial terminou localizou três endereços em que ele poderia ser encontrado. Desse modo, foram montadas estratégias de cerco às residências, já que os locais seriam de fácil fuga. Ao surpreender o suspeito, Rana ainda tentou fugir, sua tentativa falhou e agora se encontra a disposição da justiça.

(Informações de Neide Folha)


Mais do Portal F5


  • Destaques

Pagamento ‘delivery’ de energia elétrica está disponível em Parauapebas

A partir desta segunda-feira (13), os clientes da Equatorial Pará dos municípios de Marabá e...

  • Destaques

Caso de jovem picado por naja no DF ganha fama e entrega esquema criminoso

A ‘naja de Brasília‘, como ficou conhecida por ter picado o estudante de veterinária Pedro...

  • Destaques

Esposa de Queiroz se apresenta na Polícia para prisão domiciliar

Márcia Aguiar, mulher do policial militar aposentado Fabrício Queiroz, apresentou-se à polícia na noite de...