MPPA pede prorrogação de ‘lockdown’ em Parauapebas


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Rua do Comércio, Rio Verde

Na visão das promotoras de Justiça do Ministério Público do Pará, Aline Cunha e Cristyna Michiko Taketa Morikawa, Parauapebas não está preparada para reabertura do comércio, conforme anunciado pelo prefeito de Parauapebas, Darci Lermen nesta sexta-feira, 22. Leia na íntrega aqui.

Através da 4ª Promotoria de Justiça de Parauapebas Saúde e Educação, uma Ação Civil Pública foi protocolada na Fazenda Pública de Execução Fiscal da Comarca de Parauapebas, solicitando que o período de lockdown seja prorrogado por mais 15 dias. O processo ainda aguarda análise do juiz Lauro Fontes Júnior.

De acordo com os dados apresentados no documento, “há fragilidade da estrutura médico-hospitalar do município” e “até o presente momento não há nos autos notícia de estudo técnico-científico que respalde o retorno das atividades comerciais, e portanto, a circulação da população, de forma segura”.

A reabertura do compercio local representa “expor a população sem qualquer embasamento técnico ou sem que haja uma retaguarda de saúde para atender os que precisarem, por certo não é a melhor solução”. 

Além do pedido de prorrogação em 15 dias, após o período de lockdown decretado pelo estado, a ação solicita que sejam apresentados “relatórios ao final do prazo definido, sobre os melhoramentos realizados na estrutura médico hospitalar, ampliação de leitos de UTI do HGP, funcionamento pleno dos 100 leitos do Hospital de Campanha, balanço da taxa de ocupação de leitos de UTI no período, a aquisição e o pleno funcionamento dos respiradores adquiridos ou recebidos pelo município, e quaisquer outras informações reputadas pertinentes por Vossa Excelência, tais como estudos técnicos a serem realizados por instituições idôneas na área de saúde e/ou doenças infecto contagiosas”.

 


Mais do Portal F5


  • Destaques

Caso Miguel: Mãe recebia como servidora pública para trabalhar no AP do Prefeito

A pernambucana Mirtes Renata de Souza, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5...

  • Destaques

Primeira-dama responderá pela morte do filho de 5 anos de doméstica no PE

Uma dor muito forte no peito. Assim descreveu Mirtes Renata Santana da Silva o sentimento...

  • Destaques

Isolamento social despenca no Pará e Helder ameaça novo lockdown

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou, no início da noite desta quarta-feira...