Suposta traição, motiva homicídio de técnico em enfermagem de Parauapebas


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Ernandes Rodrigues, em vida

Enquanto vários profissionais de enfermagem recebiam homenagens pela comemoração do dia da profissão, um técnico de enfermagem foi vítima de um assassinato após fazer a entrega de uma cesta básica, no bairro Nova Vida I, em Parauapebas nesta terça-feira, 12.

Segundo informações, Ernandes Rodrigues Pereira, 25 anos, havia saído do trabalho, de carona, acompanhado de uma colega de prenome Antônia, também técnica de enfermagem. Os dois foram à casa de um amigo, onde deixaram uma cesta básica. Ao sair da residência do colega, o veículo em que estavam passou a ser seguido por dois indivíduos em uma motocicleta Honda Pop, branca.

Ao chegar em seu destino, casa de seu pai, Ernandes foi abordado ao descer do veículo por um dos ocupantes da moto. Ele se aproximou, chamou a atenção do rapaz e então disparou duas vezes contra a vítima, que caiu sob a porta do automóvel. Novamente, o pistoleiro chegou mais perto e efetuou o último tiro na cabeça do jovem. Populares prestaram socorro às pressas e encaminhado ao hospital, mesmo assim, ele não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Mesmo após receber socorro de populares, Ernandes não resistiu e faleceu

As primeiras informações que chegaram à delegada plantonista Anna Carolina e sua equipe de investigadores, responsável pelo caso, era de que o casal de amigos havia sofrido uma tentativa de assalto e que Ernandes Pereira teria sido baleado por reagir, mas a informação foi descartada.

A delegada Anna Carolina conseguiu apurar mais tarde que o técnico de enfermagem havia sido vítima de um crime passional. Visto que Ernandes e Antônia eram casados com outros parceiros e mantinham um caso extraconjugal. Segundo informações, o marido de Antônia soube do relacionamento e estava ameaçando a vítima.

De acordo com a delegada, dias antes do crime, Antônia pediu divórcio para o marido, de prenome Carlos, alegando não querer continuar a relação. Por ciúmes, sem aceitar o fim do relacionamento, o marido decidiu matar o amante da esposa.

Devido às ameaças que recebia, Ernandes Rodrigues estava indo e voltando do trabalho na companhia de seu irmão. Infelizmente, horas antes do crime, ele cancelou a carona do irmão, já que iria entregar a cesta básica e em seguida chegaria em casa.

A delegada também disse que Antônia prestou socorro à Ernandes e nem apresentou o veículo na delegacia. Ela e o marido são procurados pela Polícia.

Com informações de Neide Folha


Mais do Portal F5


  • Destaques

Caso Miguel: Mãe recebia como servidora pública para trabalhar no AP do Prefeito

A pernambucana Mirtes Renata de Souza, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5...

  • Destaques

Primeira-dama responderá pela morte do filho de 5 anos de doméstica no PE

Uma dor muito forte no peito. Assim descreveu Mirtes Renata Santana da Silva o sentimento...

  • Destaques

Isolamento social despenca no Pará e Helder ameaça novo lockdown

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou, no início da noite desta quarta-feira...