Evento em Parauapebas reúne criadores de búfalos de todo o Brasil


  • Nenhum comentário
  • Destaques

O Pará é o estado com maior rebanho bubalino do país, e pensando em valorizar a Bubalinocultura da região, será realizado o I Seminário de Bubalinocultura de Parauapebas. Na região de Carajás há uma dependência muito forte da matriz econômica da mineração, sendo assim a agropecuária, em especial a bubalinocultura é essencial para diversificar as formas de produção econômica do município.

Há 7 anos, existe um produtor de búfalos que se destaca na região de Carajás. Um dos objetivos do evento é justamente aumentar a quantidade de produtores, demostrando as vantagens da criação da bubalinocultura, da produção do leite e qualidade do queijo de búfala. De acordo com a coordenação do Seminário, “além de queijo, carne e tração animal, o búfalo também pode dar renda através do turismo e esta é, especificamente, uma das palestras que nós vamos fazer no evento”.

O evento é realizado pela Queijaria Cosa Nostra, a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (SIPRODUZ). O Seminário vai divulgar as vantagens da bubalinocultura e proporcionar a troca de experiências com produtores de outras regiões, para diversificar e incluir na agropecuária do município este regime de produção.

Na programação terão seis palestras, inclusive com a presença do Presidente da Associação Brasileira de Criadores de Búfalos, Caio Rossato, e o Presidente da Associação Paraense, João Rocha, enaltecendo a importância para um evento desta natureza. As palestras serão intercaladas por um milk break, onde terá degustação de derivados de leite de búfala de todo o Brasil. “Tem muitos apaixonados pela bubalinocultura no Brasil a fora, vamos perceber isso. Teremos doce de leite, queijo do Marajó, mozzarella de São Paulo, da Bahia e vários Estados brasileiros que vão mandar seus derivados para a gente mostrar a importância da cadeia econômica do búfalo no Brasil”, descreveu Geraldo Pedro, coordenador do evento.

O evento será nos dias 5 e 6 de outubro, as palestras iniciam as 13 horas no Tatersal do Parque de Exposições de Parauapebas, e após as palestras haverá um churrasco de baby búfalo e apresentação de um grupo Paráfolclórico e outra banda local animando e fazendo a primeira festa do búfalo em Parauapebas. No domingo, 6, haverá a Rota do Búfalo, onde os participantes poderão conhecer a propriedade de búfalos da região, o manejo e os animais.
Para os coordenadores do evento, “As expectativas são muito boas, estamos com caravanas de produtores vindos, além de São Paulo, de onde vem o Presidente da ABCB, teremos produtores vindo da Ilha do Marajó, de Belém, do Baixo Amazonas, de Marabá, Xinguara, Redenção, Rio Maria, São Félix do Xingu, ou seja, nosso Estado está em peso na expectativa de participar deste evento inédito em Parauapebas”.

SURPRESAS NO EVENTO

O evento promete muitas surpresas, uma das novidades já divulgadas é o sorteio de um búfalo no dia do Seminário. Através de uma rifa, que custa dez reais, o participante pode ganhar um búfalo em uma das premiações. “Esta é mais uma forma das pessoas conhecerem sobre eles, e depois de assistirem as palestras todos vão querer adquirir um búfalo. Uma oportunidade que por dez reais você adquire um animal dócil, rústico e extremamente eficiente economicamente”, concluiu Geraldo Pedro.

1º Seminário de Bubalinocultura de Parauapebas
Dias 5 e 6 de outubro de 2019
A partir das 13:00h
Informações: Instagram @seminariodebubalinocultura
E-mail [email protected]
Inscrições: (94) 99208-7535

Programação

 


Mais do Portal F5


  • Destaques

Mãe é presa por permitir padastro estuprasse sua filha de 13

Uma mulher de 33 anos foi presa suspeita de permitir que uma de suas filhas,...

  • Destaques

População mostra insatisfação por alagamentos em Parauapebas

Ano após ano, governo após governo, Parauapebas enfrenta os mesmos problemas durante as chuvas: alagamentos...

  • Destaques

Celpa emite comunicado desmentindo corte de energia neste sábado

Passou a circular nas redes sociais, nesta quinta-feira, 21, um comunicado em nome da Centrais...