Pagamento do 4º lote de restituição do IR 2019 é liberado


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes

A Receita Federal libera nesta segunda-feira, 16, o pagamento do quarto lote de restituição do Imposto de Renda 2019. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, no valor total de R$3,5 bilhões. Segundo a Receita Federal, o dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes.

O lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. A consulta para saber se a declaração foi liberada poderá ser feita acessando a página da Receita na internet, pelo Receitafone 146, informando o CPF e a data de nascimento. Caso tenha entrado no lote, a situação da declaração será “crédito enviado ao banco”.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano

Se o valor não foi creditado, o contribuinte deve ligar nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) ou ir a uma agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Os lotes de restituição são liberados mensalmente. O Fisco libera os pagamentos por ordem de chegada da declaração. Isso significa que quem entregou a declaração mais cedo recebe a restituição primeiro.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet.

Fonte: Agência Brasil


Mais do Portal F5


  • Destaques

Câmara aprova proposta que pede regulamentação do uso das quadras públicas

Após circular nas redes sociais um vídeo em que mulheres estavam sendo impedidas de utilizar...

  • Destaques

Colisão entre moto e ônibus causa morte de mototaxista no Tropical

Um acidente de trânsito que ocorreu nesta sexta-feira, 03, em uma via do bairro Tropical...

  • Destaques

Motorola anuncia chegada de modelos premium que custam até R$ 8 mil

Nesta quinta-feira (2), a Motorola anunciou a chegada dos smartphones Edge e Edge+ ao Brasil. Os aparelhos, que marcam a volta...