Professores são beneficiados com Credlivro


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Um convênio firmado entre a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o Banco do Estado do Pará (Banpará) disponibilizará aos professores da rede municipal de ensino um abono de R$ 200 para ser utilizado na compra de livros.

A assinatura do Convênio de Cooperação Técnico-Operacional de Intermediação Tecnológica, do Projeto CredLivro, ocorreu na manhã da última terça-feira, 3 de agosto, no gabinete do secretário de Educação, Luiz Vieira. Segundo o gestor, o valor já estará disponível para uso no Festival Literário de Parauapebas.

“Agora é realidade. Acabamos de assinar o convênio. O CredLivro já poderá ser utilizado no 1ª Festival Literário de Parauapebas, que ocorrerá no período de 11 a 15 de setembro, na Praça de Eventos”, comemora o gestor, para quem o esforço conjunto foi fundamental para a conquista.

“Essa foi mais uma conquista importante para nossa educação”, enaltece Luiz. “O Estado já paga para os servidores, e o prefeito Darci achou importante que os profissionais da nossa rede de educação também tivessem acesso a esse recurso”, lembra o titular da Semed, agradecendo o apoio da Câmara, uma vez que os vereadores colocaram o projeto de lei em votação com muita rapidez e isso garantiu que o Banco tivesse tempo hábil para elaborar o convênio.

O gerente de negócios do Banpará, Rubens Alves Sá, informou que a instituição estará com um estande no Festival Literário de Parauapebas para atender os educadores. O servidor contemplado deverá comparecer ao estande com documento de identificação com foto (atual e legível) para receber o valor por meio de um voucher, uma espécie de título que possui determinado valor monetário. “É um cartão recarregável, para que ele possa utilizá-lo no evento”, avisa Rubens.

CREDLIVRO

O recurso tem a função de aprimorar o conhecimento profissional e pessoal dos servidores da Educação, favorecendo o hábito da leitura, a formação continuada e a melhoria da prática pedagógica.

Para receber o benefício, é necessário ser professor efetivo da rede municipal de ensino. Não faz jus ao benefício, o servidor cedido a outros órgãos (instituições) ou que não estejam no efetivo exercício de suas atividades. O Credlivro não possui natureza salarial tampouco se incorpora à remuneração do servidor. Ele será concedido uma vez por ano, no valor de R$ 200, por meio de limite de crédito.


Mais do Portal F5


  • Destaques

Mãe é presa por permitir padastro estuprasse sua filha de 13

Uma mulher de 33 anos foi presa suspeita de permitir que uma de suas filhas,...

  • Destaques

População mostra insatisfação por alagamentos em Parauapebas

Ano após ano, governo após governo, Parauapebas enfrenta os mesmos problemas durante as chuvas: alagamentos...

  • Destaques

Celpa emite comunicado desmentindo corte de energia neste sábado

Passou a circular nas redes sociais, nesta quinta-feira, 21, um comunicado em nome da Centrais...