Curionópolis convida a população para audiências de revisão do Plano Diretor


  • Nenhum comentário
  • Destaques

O processo de revisão do Plano Diretor de Curionópolis, conjunto de diretrizes que determina o planejamento de crescimento, ordenamento e o funcionamento da cidade, terá início nesta terça-feira, 13, com a realização de audiências públicas e oficinas para ouvir a comunidade e seus representantes. A Prefeitura Municipal está mobilizando toda a comunidade e incentivando sua participação.

“Este é o momento que os munícipes terão a oportunidade de dar sugestões e contribuir com suas idéias para planejar políticas públicas para o desenvolvimento de Curionópolis durante os próximos 10 anos”,  explicou o prefeito de Curionópolis, Adonei Aguiar.

A revisão do Plano Diretor será realizada pela Consultoria Arcadis, em cumprimento de condicionante da licença de operação do Sistema de Transmissão Xingu-Rio, conhecido popularmente como Linhão, em Curionópolis. Um termo de cooperação foi assinado entre a empresa Xingu Rio Transmissora de Energia (XRTE) e a Prefeitura.

O governo municipal convida toda a população para participar das audiências públicas. A primeira será realizada nesta terça-feira, 13, às 19 horas no Clube das Mães, em Curionópolis. As oficinas participativas serão realizadas na quarta-feira, 14, a partir das 8 horas, com representantes da comunidade e organizações sociais. Às 19 horas, representantes do setor produtivo também se reunirão.

Na quinta-feira, 15, uma audiência também será realizada em Serra Pelada, com início às 10 horas, na Casa do Professor. A oficina participativa reunirá no mesmo dia, representantes da comunidade e do setor produtivo, a partir das 14 horas.

Elaboração do Plano Diretor

Primeiramente, a consultoria fará um pré-diagnóstico junto a população. Em seguida será submetido para aprovação da comunidade na segunda audiência prevista para ser realizada em novembro de 2019.

Após esse processo, as diretrizes elaboradas passarão pela aprovação da Câmara de Vereadores. O trabalho final será constituído por um Diagnóstico Municipal, um Plano de Desenvolvimento Urbano, um Plano Infra-estrutural e Legislação Urbanística que serão entregues à Prefeitura.

Além de organizar o crescimento da cidade, o Plano Diretor também garante o bem-estar e qualidade de vida à população, e orienta, por exemplo, para onde a cidade pode se expandir; quais cuidados ambientais precisam ser tomados para evitar crimes à natureza; de que forma as áreas podem ser ocupadas sem causar danos e sem que interfiram no bom desenvolvimento do município.

Por isso, é imprescindível a participação de toda a comunidade. A população pode e deve ser protagonista nesse processo e escolher o que será melhor o futuro da sua cidade.

Portal F5
———————————–
Siga nossa redes sociais
Facebook
Instagram
YouTube


Mais do Portal F5


  • Destaques

O silêncio pode matar! Se está para baixo, triste ou mal, Fale!

A ONG Como Vai Você (CVV) atua fornecendo apoio emocional e na prevenção do suicídio...

  • Destaques

Valmir da Integral se pronuncia sobre especulações de inelegibilidade

Diante das recentes especulações e divulgações de notícias nas redes sociais de cunho eleitoral, o...

  • Destaques

Luiz Viera lançará livro “O Caminho das Estrelas” neste sábado

Lançamento de mais uma obra literária do professor, escritor e secretário de Educação em Parauapebas...