PMs são presos por homicídio, tortura e formação de quadrilha em Parauapebas


  • Nenhum comentário
  • Destaques

PMs estão presos e aguardando audiência de custódia (Foto: Fala Sério Canaã)

Policiais Militares foram presos nesta quarta-feira (24), em Parauapebas, sob acusação de lesão corporal, homicídio e formação de quadrilha. Os PMs estavam sob investigação depois que dois jovens foram torturados e um deles veio a óbito em um cemitério da cidade.

Segundo o Delegado da Polícia Civil Gabriel Costa, nos levantamentos realizados durante a investigação do crime, indícios apontavam para a participação de Marcelo Silva Cardoso e os policiais militares Cosme Neto Souza Medeiros, Artur Sampaio Pinheiro Martins, do 23º Batalhão de Polícia Militar.

Uma equipe da Divisão Estadual de Crimes Funcionais (Decrif) enviou uma equipe de investigadores que assumiu o caso e pediu a prisão dos envolvidos perante a justiça. Nesta quarta, a Superintendência da Polícia Civil de Carajás, Corregedoria Regional da Polícia Militar e Corregedoria Regional da Polícia Civil e Delegacia de Parauapebas, cumpriram os mandados de prisão.

Os envolvidos foram encaminhados a Instituto Médico Legal (IML) para realizaram exame de corpo de delito e foram encaminhados ao quartel do 23º BPM, onde ficarão sob custódia até a audiência onde o juiz decidirá se eles permanecerão presos em Parauapebas ou transferidos ao Centro de Recuperação Especial Anastácio das Neves (Crecan), em Belém.


Mais do Portal F5


  • Destaques

O silêncio pode matar! Se está para baixo, triste ou mal, Fale!

A ONG Como Vai Você (CVV) atua fornecendo apoio emocional e na prevenção do suicídio...

  • Destaques

Valmir da Integral se pronuncia sobre especulações de inelegibilidade

Diante das recentes especulações e divulgações de notícias nas redes sociais de cunho eleitoral, o...

  • Destaques

Luiz Viera lançará livro “O Caminho das Estrelas” neste sábado

Lançamento de mais uma obra literária do professor, escritor e secretário de Educação em Parauapebas...