Principais destaques policiais de Parauapebas neste fim de semana


  • Nenhum comentário
  • Destaques



Confira a movimentação das autoridades policiais de Parauapebas no primeiro final de semana de julho.

Nesta sexta-feira (5), uma equipe de investigadores da Polícia Civil foi acionada após um corpo ser localizado em uma área verde, do bairro Cidade Jardim, em Parauapebas.

O corpo de Talison Rodrigues, foi encontrado com cerca de 25 facadas além de ter recebido um corte na garganta. De acordo com o pai da vítima, Talison era usuário de drogas e havia saído na madrugada de sexta-feira com o celular do irmão. A vítima foi morta próximo da quadra em que residia. Há suspeita de latrocínio.

Richard Gonçalves de Carvalho, 28 anos, foi morto à facadas na madrugada do sábado (6), na porta da sua casa, no bairro Liberdade. Ele e a esposa haviam discutido naquela noite. A vítima saiu para beber em um bar próximo de sua casa, e quando retornou, tentou entrar na casa mas a esposa não permitiu.

A vítima dormiu na área externa, quando foi abordado por seu assassino que lhe desferiu várias facadas. Richard ainda tentou se defender, mas não conseguiu e morreu sentado no chão da varanda da residência. Não há pistas do suspeito.

Gabriel Medeiros Sacramento, 20 anos, foi executado com tiros no peito e na cabeça na madrugada deste domingo (7), em sua residência, no bairro dos Minérios. A vítima estava com sua esposa quando foi surpreendida por dois indivíduos que arrombaram a porta da cozinha de sua casa.

Os assassinos pediram o celular da vítima. Ao entregar, Gabriel pediu que os assassinos não fizessem nada com a mulher que estava grávida e mesmo suplicando pela própria vida, ele foi ordenado a virar de costas e cobrir o rosto. Os assassinos atiraram contra Gabriel sem lhe dar chance de defesa. Para a polícia, o crime pode ter sido motivado por dívida com o tráfico.

Ainda na madrugada deste domingo, um colono e comerciante Ernandes Nazaré Silva, 46 anos, mais conhecido por “Maratá”, foi assassinado a golpes de faca quando se encontrava na praça de eventos da Palmares II, zona rural de Parauapebas.

Maratá foi morto no fim da festa, ele ainda estava consumindo em uma barraca quando recebeu a primeira facada na clavícula e outra nas costas, a faca ficou cravada no corpo da vítima, que morreu instantaneamente.

Damiana Moura, a esposa, afirmou desconhecer o que possa ter motivado o crime. A vítima também deixa quatro filhos. Ninguém no local quis dar informações sobre o crime à polícia.

A polícia continua trabalhando para localizar os criminosos envolvidos nestes crimes. Caso você queira ajudar a Polícia, a desvendar os crimes dessa natureza, pode ligar no 181 ou no (94) 99115 4839. A sua identidade será preservada, e as informações serão mantidas no mais absoluto sigilo.

(Com informações de Caetano Silva)


Mais do Portal F5


  • Destaques

Por perfume, borracheiro mata e agride mulheres em Parauapebas

O borracheiro Jennys de Sousa e Sousa, 32 anos, foi preso nesta quinta-feira (18), após...

  • Destaques

Pró Saúde oferta vagas para hospitais em Marabá e Canaã

A Pró-Saúde abriu processo seletivo para contratação de pessoal que atuará em diversas áreas no...

  • Destaques

PEC 108 pode calar advogados e desproteger o cidadão

As inscrições obrigatórias de advogados e advogadas na OAB podem estar com os dias contados....