Garota desaparecida é morta por facção criminosa


  • Nenhum comentário
  • Destaques

Uma jovem parauapebense foi morta na noite desta terça-feira (14), por membros de uma facção criminosa. A cena chocante do assassinato foi gravada e compartilhada nas redes sociais até chegar aos pais da adolescente, que estão transtornados.

Maria Eduarda Silva Azevedo, 16 anos, foi vista pela última vez ao ser deixada na Escola Estadual Euclides Figueiredo pelos próprios pais, por volta das 15 horas. Depois disso a jovem não retornou para sua residência no bairro Casas Populares II.

Eduarda foi deixada na escola por volta das 15 horas e não retornou para casa

A família estava preocupada com a jovem, quando recebeu, por meio do aplicativo Whatsapp, um vídeo onde uma garota que aparentava ser Eduarda, estava agonizando e sangrando com um golpe de arma branca na garganta em um lugar desconhecido.

Os pais receberam um vídeo pelo Whatsapp, onde supostamente Eduarda agonizava e sangrava

Os dois criminosos que aparecem no vídeo afirmavam pertencer a facção criminosa Comando Vermelho e que a morte da menina era um acerto de contas. “Aqui é tudo dois, ele é quem manda aqui em Parauapebas. Essas molecadas que esta fechando com o PCC, vão todos morrer, porque a parada aqui é tudo dois, tudo dois”, diziam eles. Às 3 horas desta quarta-feira (15), um tio da vítima denunciou o caso na delegacia de Polícia Civil.

Por volta das 6 horas desta quarta-feira (15), o corpo da jovem foi encontrado com várias perfurações no pescoço, no alto do Morro do Macaco, no bairro Bela Vista, divisa com o bairro Rio Verde. A equipe de Investigação de Homicídios, comandada pela delegada Yanna Azevedo, começará as investigações sobre o caso até a captura dos assassinos.

Com informações de Caetano Silva


Mais do Portal F5


  • Destaques

Caso Miguel: Mãe recebia como servidora pública para trabalhar no AP do Prefeito

A pernambucana Mirtes Renata de Souza, mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de 5...

  • Destaques

Primeira-dama responderá pela morte do filho de 5 anos de doméstica no PE

Uma dor muito forte no peito. Assim descreveu Mirtes Renata Santana da Silva o sentimento...

  • Destaques

Isolamento social despenca no Pará e Helder ameaça novo lockdown

O governador do estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou, no início da noite desta quarta-feira...