Polícia investiga morte de grávida encontrada em rio


  • Nenhum comentário
  • Destaques

O corpo de uma mulher grávida encontrado na manhã deste domingo (10), boiando nas águas no Igarapé Ilha do Coco, também conhecido por “Sebozinho”, em Parauapebas, continua em clima de suspense.

Por volta das 10 horas, populares daquela região avistaram um corpo no córrego e acionaram as autoridades policiais para verificarem o caso. Não há pistas sobre a causa morte da mulher negra de estatura mediana.

O corpo foi resgatado em um estado avançado de decomposição

A vítima estava vestida com um short de tecido branco e uma blusa manga longa com capú de cor branca. A mulher estava também em gestação de uma menina, com evolução de 7 a 8 meses, e na mão esquerda tinha uma tatuagem com o nome “Sofia”. O corpo já estava em um estado avançado de decomposição e possivelmente estas são as únicas características que podem levar a identificação da vítima.

Na mão esquerda da vítima tinha uma tatuagem com o nome “Sofia”

Os investigadores da polícia estão trabalhando em duas hipóteses: A primeira é o crime de feminicídio ou crime passional. A outra hipótese, é um homicídio por asfixia em outro lugar e desovada no leito do córrego.

Na perícia inicial, a equipe do Instituto Médico Legal (IML) não encontrou nenhum ferimento ou hematoma. Apenas o exame de necropsia poderá confirmar qual a causa real da morte. A polícia está trabalhando para solucionar o caso. Até o fechamento desta matéria a vítima continuava sem identificação.


Mais do Portal F5


  • Destaques

Agências de Turismo do Rio de Janeiro e São Paulo conhecem rotas turísticas de Parauapebas

Representantes de agência de turismo dos estados do Rio de janeiro e São Paulo desembarcaram...

  • Destaques

Sem aceitar diálogo, Sintepp mantém paralisação

Na manhã desta quarta-feira (13), o secretário de Educação Luiz Vieira, mais uma vez se...

  • Destaques

Ruas do bairro Altamira sofrem mudanças no trânsito

As ruas Bartolomeu, Bom Jesus, Pedro Álvares Cabral, Santo Antônio e Nicodemos no Complexo Altamira...